2 de fevereiro de 2012

João Henrique Sampaio Locação Residencial por 1 (hum) ano é um bom negócio? Tamanho do texto: AAAA Colunas anteriores deste autor Selecione a data: Veja também [ 02/02/2012 ] Locação Residencial por 1 (hum) ano é um bom negócio? [ 26/01/2012 ] Contrato de compra e venda assinado. De quem é a responsabilidade pelo imóvel? [ 12/01/2012 ] O devedor insolvente vendeu seu imóvel para fraudar credores [ 05/01/2012 ] Quando o inquilino morre ou se separa [ 29/12/2011 ] A perda da propriedade pelo abandono [ 15/12/2011 ] Vai alugar por temporada? [ 08/12/2011 ] A venda de imóveis por herdeiros antes do inventário [ 01/12/2011 ] O bem de família e a atual impenhorabilidade [ 24/11/2011 ] A possibilidade de expulsão de condômino antissocial [ 18/11/2011 ] EMENTÁRIO DA CORRUPÇÃO [ 17/11/2011 ] Condômino inadimplente pode ser punido? Leia mais... Depende. Parece controverso, mas pra quem deseja retomar seu imóvel em um curto prazo de tempo, JAMAIS DEVE ASSINAR um contrato de locação pelo prazo de 1(hum) ano ou inferior a 30 meses. Nesta vertente, a lei do inquilinato visa proteger a permanência da família por um período razoável, a fim de evitar mudanças repetitivas, não prejudicando os laços de convivência na região onde o imóvel se localiza. E esta peculiaridade no que diz respeito ao prazo, dar-se-á justamente para que contrato de locação residencial nos períodos acima assinalados NÃO SEJA UMA REGRA, pois dá ao LOCADOR UMA SÉRIE DE CONDIÇÕES PARA RETOMAR O IMÓVEL. A lei 8.245-91 diz que nas condições acima, terminando o período, o contrato prorroga-se por prazo indeterminado, SOMENTE PODENDO SER RETOMADO APÓS 5 (CINCO) ANOS. Percebe-se que o “LAR” em se tratando de família tem uma grande proteção. Logo, como toda regra tem suas exceções, o locador poderá requerer a devolução do imóvel, NOS CASOS MAIS PROVÁVEIS, por mútuo acordo, em decorrência de infração legal ou contratual, falta de pagamento de aluguéis, se o imóvel for pedido para uso próprio ou de seus familiares quando não possuir outro imóvel residencial próprio, dentre outras expressa no artigo 47 e incisos da lei do inquilinato. Portanto, o prazo ideal e mais USUAL no meio imobiliário é o igual ou superior a 30 meses, ONDE NESTES CASOS, VENCENDO O CONTRATO, O LOCADOR PODERÁ REQUERER A DEVOLUÇÃO DO MESMO, obviamente notificando o locatário para desocupação em 30 dias. Não é porque seu contrato RESIDENCIAL é de 1 ano QUE VOCÊ O TERÁ DE VOLTA NESTA DATA. O mais sensato na hora de assinar um contrato de locação é procurar um profissional gabaritado na área para que o proprietário saiba verdadeiramente das CONSEQUÊNCIAS do mesmo! Escrita em 02/02/2012


João Henrique Sampaio

Locação Residencial por 1 (hum) ano é um bom negócio?




Depende. Parece controverso, mas pra quem deseja 




retomar seu imóvel em um curto prazo de tempo, JAMAIS DEVE ASSINAR um contrato de locação pelo prazo de 1(hum) ano ou inferior a 30 meses.
Nesta vertente, a lei do inquilinato visa proteger a permanência da família por um período razoável, a fim de evitar mudanças repetitivas, não prejudicando os laços de convivência na região onde o imóvel se localiza.
E esta peculiaridade no que diz respeito ao prazo, dar-se-á justamente para que contrato de locação residencial nos períodos acima assinalados NÃO SEJA UMA REGRA, pois dá ao LOCADOR UMA SÉRIE DE CONDIÇÕES PARA RETOMAR O IMÓVEL.
A lei 8.245-91 diz que nas condições acima, terminando o período, o contrato prorroga-se por prazo indeterminado, SOMENTE PODENDO SER RETOMADO APÓS 5 (CINCO) ANOS.
Percebe-se que o “LAR” em se tratando de família tem uma grande proteção. Logo, como toda regra tem suas exceções, o locador poderá requerer a devolução do imóvel, NOS CASOS MAIS PROVÁVEIS, por mútuo acordo, em decorrência de infração legal ou contratual, falta de pagamento de aluguéis, se o imóvel for pedido para uso próprio ou de seus familiares quando não possuir outro imóvel residencial próprio, dentre outras expressa no artigo 47 e incisos da lei do inquilinato.
Portanto, o prazo ideal e mais USUAL no meio imobiliário é o igual ou superior a 30 meses, ONDE NESTES CASOS, VENCENDO O CONTRATO, O LOCADOR PODERÁ REQUERER A DEVOLUÇÃO DO MESMO, obviamente notificando o locatário para desocupação em 30 dias.
Não é porque seu contrato RESIDENCIAL é de 1 ano QUE VOCÊ O TERÁ DE VOLTA NESTA DATA.
O mais sensato na hora de assinar um contrato de locação é procurar um profissional gabaritado na área para que o proprietário saiba verdadeiramente das CONSEQUÊNCIAS do mesmo!
 

Escrita em 02/02/2012 

Nenhum comentário:

Postar um comentário